Canal de videos do NECX

Informamos que está disponível, no Portal do YouTube, o Canal de vídeos do Núcleo Espírita Chico Xavier (NECX).
Para visitá-lo acesse o link http://www.youtube.com/user/necxniteroi.
A finalidade é oferecer um acervo online de vídeos produzidos pelo NECX sobre a Doutrina Espírita.
Visite e confira o evento comemorativo do IV ano de fundação  - disponibilizado em quatro capítulos - realizado em 26 de abril de 2014, com as participações de Anatasha Meckenna, Eurípedes dos Reis e Neuza de Assis.
Oportunamente serão disponibilizados novos videos de eventos e palestras espíritas. 
Divulgue e prestigie.

O Auxílio Virá | Emmanuel

O problema que te preocupa talvez te pareça excessivamente amargo ao coração.
E tão amargo que talvez não possas comentá-lo, de pronto.
Às vezes, a sombra interior é tamanha que tens a ideia de haver perdido o próprio rumo.
Entretanto, não esmoreças.
Abraça o dever que a vida te assinala.
Serve e ora.
A prece te renovará energias.
O trabalho te auxiliará.
Deus não nos abandonará.
Fazê silêncio e não te queixes.
Alegra-te e espera porque o Céu te socorrerá.
Por meios que desconheces, Deus permanece agindo.

Emmanuel | Francisco Cândido Xavier

Não te perturbes | Emmanuel

“E o mandamento que era para a vida, achei eu que me era para a morte.” – Paulo. (Romanos, 7:10.)

Se perguntássemos ao grão de trigo que opinião alimenta acerca do moinho, naturalmente responderia que dentro dele encontra a casa de tortura em que se aflige e sofre; no entanto, é de lá que ele se ausenta aprimorado para a glória do pão na subsistência do mundo.
Se indagássemos da madeira, com respeito ao serrote, informaria que nele identifica o algoz de todos os momentos, a dilacerar-lhe as entranhas; todavia, sob o patrocínio do suposto verdugo, faz-se delicada e útil para servir em atividades sempre mais nobres.Se consultarmos a pedra, com alusão ao buril, certo esclarecerá que descobriu nele o detestável perseguidor de sua tranqüilidade, a feri-la, desapiedado, dia e noite; entretanto, é dos golpes dele que se eleva aos tesouros terrestres, aperfeiçoada e brilhante.Assim, a alma. Assim, a luta. Peçamos o parecer do homem, quanto à carne, e pronunciará talvez impropriedades mil. Ouçamo-lo sobre a dor e registraremos velhos disparates verbais. Solicitemos-lhe que se externe com referência à dificuldade, e derramará fel e pranto.Contudo, é imperioso reconhecer que do corpo disciplinado, do sofrimento purificador e do obstáculo asfixiante, o Espírito ressurge sempre mais aformoseado, mais robusto e mais esclarecido para a imortal idade.Não te perturbes, pois, diante da luta, e observa.
O que te parece derrota, muita vez é vitória. E o que se te afigura em favor de tua morte, é contribuição para o teu engrandecimento na vida eterna.

Fonte Viva | Emmanuel | Francisco Cândido Xavier

Considerações sobre a Instituição Espírita


Allan Kardec
"Se o Espiritismo deve, assim como foi anun­ciado, trazer a transformação da Humanidade, isto pode ser apenas pelo melhoramento das massas, o que pode acontecer gradualmente e pouco a pouco, apenas pelo melhoramento dos indivíduos. É para o fim providencial que devem tender todas as sociedades espíritas sérias, agrupando ao seu redor to­dos os que possuem os mesmos sentimentos; então haverá entre elas união, simpatia e fraternidade e não um vão e pue­ril antagonismo de amor-próprio, de palavras antes que de fatos; então elas serão fortes e poderosas, porque se apoiarão numa base indestrutível: o bem para todos."

Emmanuel
"Quando se abrem as portas de um templo espírita-cristão ou de um santuário doméstico, dedicado ao estudo do Evangelho à luz do Espiritismo, uma luz divina acende-se nas trevas da ignorância humana e através dos raios benfazejos desse astro da fraternidade e conhecimento, que brilha para o bem da comunidade, os homens que dele se avizinham, ainda que não de­sejem, caminham, sem perceber, para a vida melhor."

Herculano Pires

"O Centro Espírita é, para usarmos a expressão espírita de Victor Hugo: point d’opotique do movimento doutrinátorio, ou seja, o seu ponto visual de convergência. Podemos figurá-lo como um espelho côncavo em que todas as atividades doutrinárias se refletem se unem, projetando-se conjugadas no plano social geral, espírita e não espirita."