Palestra | Cláudia Dutra

O Núcleo Espírita Chico Xavier convida para a palestra "Marias e Jesus" com Cláudia Dutra, Diretora de Assistência Social do Instituto Espírita Bezerra de Menezes (IEBM).
A expositora desenvolve, também, atividades no CEERJ e na Rádio Rio de Janeiro, com o programa "Movimento Espírita em foco".
O evento será realizado no próximo domingo, 31/ago, às 17h.
Participe e divulgue.

Programa de Sustentabilidade Financeira

“É de lastimar, sem dúvida, que tenhamos de entrar em considerações de ordem material, para alcançarmos um objetivo todo espiritual. Para alguém fazer qualquer coisa de sério, tem que se submeter às necessidades impostas pelos costumes da época em que vive e essas necessidades são muito diversas das dos tempos da vida patriarcal. O próprio interesse do Espiritismo exige, pois, que se apreciem os meios de ação, para não ser forçoso parar no meio do caminho. Apreciemo-los, portanto, uma vez que estamos num século em que é preciso calcular tudo.” Allan Kardec, Obras Póstumas, Constituição do Espiritismo – vias e meios.

O Núcleo Espírita Chico Xavier iniciou neste último domingo, 24/ago, a implantação do Programa de Sustentabilidade Financeira, visando estebelecer-se em sede própria na modalidade de aluguel.
O Programa consiste na adoção de iniciativas para obter os recursos financeiros mínimos compatíveis com suas futuras despesas no novo local.
Venha conhecer nossas propostas e participe na realização dessa causa.

Vídeo | A Depressão na visão da Doutrina Espírita

Encontra-se disponível no canal de vídeos do NECX a palestra "A Depressão na visão da Doutrina Espírita" com Maria José Avellar, realizada em 24 de julho de 2014.
Confira!

O Auxílio Virá | Emmanuel

O problema que te preocupa talvez te pareça excessivamente amargo ao coração.
E tão amargo que talvez não possas comentá-lo, de pronto.
Às vezes, a sombra interior é tamanha que tens a ideia de haver perdido o próprio rumo.
Entretanto, não esmoreças.
Abraça o dever que a vida te assinala.
Serve e ora.
A prece te renovará energias.
O trabalho te auxiliará.
Deus não nos abandonará.
Fazê silêncio e não te queixes.
Alegra-te e espera porque o Céu te socorrerá.
Por meios que desconheces, Deus permanece agindo.

Emmanuel | Francisco Cândido Xavier

Não te perturbes | Emmanuel

“E o mandamento que era para a vida, achei eu que me era para a morte.” – Paulo. (Romanos, 7:10.)

Se perguntássemos ao grão de trigo que opinião alimenta acerca do moinho, naturalmente responderia que dentro dele encontra a casa de tortura em que se aflige e sofre; no entanto, é de lá que ele se ausenta aprimorado para a glória do pão na subsistência do mundo.
Se indagássemos da madeira, com respeito ao serrote, informaria que nele identifica o algoz de todos os momentos, a dilacerar-lhe as entranhas; todavia, sob o patrocínio do suposto verdugo, faz-se delicada e útil para servir em atividades sempre mais nobres.Se consultarmos a pedra, com alusão ao buril, certo esclarecerá que descobriu nele o detestável perseguidor de sua tranqüilidade, a feri-la, desapiedado, dia e noite; entretanto, é dos golpes dele que se eleva aos tesouros terrestres, aperfeiçoada e brilhante.Assim, a alma. Assim, a luta. Peçamos o parecer do homem, quanto à carne, e pronunciará talvez impropriedades mil. Ouçamo-lo sobre a dor e registraremos velhos disparates verbais. Solicitemos-lhe que se externe com referência à dificuldade, e derramará fel e pranto.Contudo, é imperioso reconhecer que do corpo disciplinado, do sofrimento purificador e do obstáculo asfixiante, o Espírito ressurge sempre mais aformoseado, mais robusto e mais esclarecido para a imortal idade.Não te perturbes, pois, diante da luta, e observa.
O que te parece derrota, muita vez é vitória. E o que se te afigura em favor de tua morte, é contribuição para o teu engrandecimento na vida eterna.

Fonte Viva | Emmanuel | Francisco Cândido Xavier

Considerações sobre a Instituição Espírita


Allan Kardec
"Se o Espiritismo deve, assim como foi anun­ciado, trazer a transformação da Humanidade, isto pode ser apenas pelo melhoramento das massas, o que pode acontecer gradualmente e pouco a pouco, apenas pelo melhoramento dos indivíduos. É para o fim providencial que devem tender todas as sociedades espíritas sérias, agrupando ao seu redor to­dos os que possuem os mesmos sentimentos; então haverá entre elas união, simpatia e fraternidade e não um vão e pue­ril antagonismo de amor-próprio, de palavras antes que de fatos; então elas serão fortes e poderosas, porque se apoiarão numa base indestrutível: o bem para todos."

Emmanuel
"Quando se abrem as portas de um templo espírita-cristão ou de um santuário doméstico, dedicado ao estudo do Evangelho à luz do Espiritismo, uma luz divina acende-se nas trevas da ignorância humana e através dos raios benfazejos desse astro da fraternidade e conhecimento, que brilha para o bem da comunidade, os homens que dele se avizinham, ainda que não de­sejem, caminham, sem perceber, para a vida melhor."

Herculano Pires

"O Centro Espírita é, para usarmos a expressão espírita de Victor Hugo: point d’opotique do movimento doutrinátorio, ou seja, o seu ponto visual de convergência. Podemos figurá-lo como um espelho côncavo em que todas as atividades doutrinárias se refletem se unem, projetando-se conjugadas no plano social geral, espírita e não espirita."